25.8 C
Brazil
Wednesday, April 24, 2024
HomeBRASILMinistério da Justiça já tem critério para desmobilizar busca

Ministério da Justiça já tem critério para desmobilizar busca

Date:

Related stories

Inovação e sustentabilidade no campo serão apresentadas na Rondônia Rural Show Internacional

As instalações dos estandes no Centro Tecnológico Vandeci Rack,...

Prazo para regularizar o licenciamento anual de veículos com placa final 4 vai até dia 30

Detran-RO alerta motoristas para regularizar licenciamento anual. Motoristas e proprietários...

Começa hoje o julgamento que pode cassar o mandato de Sérgio Moro

A equipe de Moro informou que o senador não...
spot_imgspot_img

Forças policiais enviadas pelos governos federal e estaduais à região de Mossoró ainda não recapturaram os fugitivos, um mês depois

Porto Velho, RO – Ainda sem ter conseguido recapturar os dois detentos que fugiram da Penitenciária Federal de Mossoró, há um mês, o Ministério da Justiça e Segurança Pública definiu um critério para desmobilizar as buscas.

A caçada a Deibson Cabral e Rogério da Silva na região de Baraúna, na divisa do Rio Grande do Norte com o Ceará, será interrompida se as equipes ficarem um número considerável de dias, em torno de uma semana, sem rastros deles — caso os cães farejadores, por exemplo, não sintam sinais dos foragidos.

Nesse cenário, a busca ostensiva aos criminosos será desmobilizada pelas equipes policiais e dará lugar a uma estratégia de recaptura deles por meio de investigações e inteligência.

Cerca de 600 policiais, entre os quais 100 homens da Força Nacional, participam da perseguição a Cabral e Silva, os primeiros presos que conseguiram fugir do sistema penitenciário federal, ambos ligados à facção carioca Comando Vermelho.

As equipes vasculham uma área com raio de 15 quilômetros a partir da Penitenciária Federal de Mossoró, sobretudo na zona rural de Baraúna, pequena cidade vizinha. Os dois fugitivos foram vistos pela última vez no dia 3/3, quando invadiram um galpão e agrediram um funcionário do local com um tapa. Eles buscavam comida e celulares.

Cães farejadores de São Paulo e Rio de Janeiro são usados para localizar rastros da dupla. Como mostrou a coluna Na Mira, as fortes chuvas que atingem o território se tornaram um dos principais obstáculos nas buscas. As precipitações contribuíram para que fossem apagados vestígios deixados pelos criminosos, o que dificultou a ação dos cães farejadores.

Fonte: Metropoles

Subscribe

- Never miss a story with notifications

- Gain full access to our premium content

- Browse free from up to 5 devices at once

Latest stories

spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

porn
london escorts
betoffice
uluslararası zati eşya taşımacılığı türkiyeden almanyaya ev taşıma uluslararası evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa ev taşıma fiyatları türkiyeden ingiltereye evden eve nakliyat yurtdışına ev taşıma zati eşya taşımacılığı
deneme bonusu veren siteler