15.4 C
Brazil
Tuesday, July 16, 2024
HomeGERALZelensky pede à UE mais artilharia após interceptação de mísseis russos contra...

Zelensky pede à UE mais artilharia após interceptação de mísseis russos contra Kiev

Date:

Related stories

Inovação e sustentabilidade no campo serão apresentadas na Rondônia Rural Show Internacional

As instalações dos estandes no Centro Tecnológico Vandeci Rack,...

Prazo para regularizar o licenciamento anual de veículos com placa final 4 vai até dia 30

Detran-RO alerta motoristas para regularizar licenciamento anual. Motoristas e proprietários...

Começa hoje o julgamento que pode cassar o mandato de Sérgio Moro

A equipe de Moro informou que o senador não...
spot_imgspot_img

Exército da Rússia anunciou, por sua parte, que os alvos foram “centros de decisão, bases logísticas e pontos de mobilização temporária” das forças ucranianas.

Sergei Chuzavkov/AFPRússia ataca Ucrânia

Os ataques na capital ucraniana e sua região deixaram 17 feridos, 13 na capital e quatro nas imediações de Kiev

Ucrânia anunciou ter derrubado 31 mísseis russos lançados nesta quinta-feira (21) na direção de Kiev, no maior ataque contra a capital do país nas últimas semanas, depois que Moscou prometeu vingança contra os bombardeios ucranianos nas regiões fronteiriças da Rússia. Após os ataques na capital ucraniana e sua região, que deixaram 17 feridos, o presidente Volodimir Zelensky pediu mais uma vez aos aliados ocidentais que enviem mais sistemas antiaéreos, no mesmo dia de uma reunião de cúpula da UE em Bruxelas que examinará o apoio militar do bloco a Kiev. Um bombardeio subsequente na cidade de Mykolaiv, no sul, deixou uma mulher morta e seis pessoas feridas após atingir uma área industrial, informou a agência de serviços de emergência ucraniana.

“Este terror prossegue dia e noite”, afirmou Zelensky em uma mensagem no Telegram. Mas “é possível acabar com isso com a unidade global”, acrescentou. “A Ucrânia precisa desta proteção agora. De Kiev a Kharkiv, de Sumy a Kherson, de Odessa à região de Donetsk. É completamente possível se os nossos aliados demonstrarem vontade política suficiente”, insistiu. “Todos os mísseis foram derrubados na região de Kiev”, afirmou a Força Aérea ucraniana, que explicou que entre os projéteis russos estavam dois mísseis balísticos Iskander e 29 mísseis de cruzeiro. A unidade de inteligência militar da Ucrânia afirmou que os mísseis estavam direcionados contra suas instalações na capital, informou a mídia local citando um porta-voz.

Segundo as autoridades ucranianas, os destroços dos mísseis deixaram 17 feridos, 13 na capital e quatro nas imediações de Kiev. O Exército da Rússia anunciou, por sua parte, que os alvos foram “centros de decisão, bases logísticas e pontos de mobilização temporária” das forças ucranianas. Um comunicado militar afirma que “todos os objetivos” foram alcançados.

Zelensky publicou um vídeo que mostra janelas de edifícios residenciais destruídas e escombros nas ruas, com os bombeiros tentando controlar focos de incêndio. Os assentamentos perto do front também sofreram ataques. Duas pessoas morreram por bombardeios russos nas regiões de Kherson (sul) e de Donetsk (leste), informaram as autoridades locais ucranianas.

O ministro ucraniano das Relações Exteriores, Dmitro Kuleba, pediu ao Congresso dos Estados Unidos para “salvar vidas” com a liberação de 60 bilhões de dólares de ajuda a Kiev, uma verba bloqueada há vários meses devido às disputas políticas entre democratas e republicanos.  Os dirigentes europeus se reúnem nesta quinta-feira e na sexta-feira em Bruxelas para debater a melhor maneira de ajudar a Ucrânia e, ao mesmo tempo, como reforçar a defesa do bloco.

Putin promete vingança

Este foi o primeiro grande ataque contra Kiev e a sua região desde o início de fevereiro e aconteceu depois que a Ucrânia intensificou os bombardeios nas regiões de fronteira da Rússia, em particular Belgorod.  Nesta região, um bombardeio ucraniano deixou cinco feridos na quinta-feira. “Na cidade de Belgorod, mais de 30 apartamentos e seis edifícios residenciais foram atingidos por um bombardeio das Forças Armadas ucranianas”, afirmou o governador regional, Viacheslav Gladkov, no Telegram.

Ele divulgou imagens que mostram fachadas destruídas e janelas quebradas em blocos de apartamentos. O presidente Vladimir Putin disse na semana passada, após uma série de ataques de drones, foguetes e artilharia de Kiev contra o território russo, que “os ataques do inimigo não ficarão impunes”. Ele prometeu restaurar a “segurança” nas zonas fronteiriças e insistiu que a Rússia tem “um plano” para conquistar a vitória contra Kiev. O FSB (Serviço Federal de Segurança) anunciou na quinta-feira a detenção de um cidadão russo em Belgorod acusado de preparar “atos terroristas contra o Exército”.

O homem seria integrante do Corpo de Voluntários Russos, uma milícia pró-Ucrânia que reivindicou incursões em território russo na semana passada, segundo a imprensa estatal. Na linha de frente, as forças russas continuam avançando lentamente, contra um Exército ucraniano cada vez mais desgastado devido à falta de homens e munições. A Rússia reivindicou nesta quinta-feira a captura da localidade de Tonenke, ao oeste de Avdiivka, uma cidade da frente leste que as tropas de Moscou ocuparam no início deste mês, após uma longa batalha.

*Com informações da AFP

Subscribe

- Never miss a story with notifications

- Gain full access to our premium content

- Browse free from up to 5 devices at once

Latest stories

spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

porn
london escorts
betoffice
uluslararası zati eşya taşımacılığı türkiyeden almanyaya ev taşıma uluslararası evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa ev taşıma fiyatları türkiyeden ingiltereye evden eve nakliyat yurtdışına ev taşıma zati eşya taşımacılığı
deneme bonusu veren siteler