31.3 C
Brazil
Friday, May 24, 2024
HomeBRASILGoverno Lula publica decreto que revoga o Programa Nacional de Escolas Cívico-Militares

Governo Lula publica decreto que revoga o Programa Nacional de Escolas Cívico-Militares

Date:

Related stories

Inovação e sustentabilidade no campo serão apresentadas na Rondônia Rural Show Internacional

As instalações dos estandes no Centro Tecnológico Vandeci Rack,...

Prazo para regularizar o licenciamento anual de veículos com placa final 4 vai até dia 30

Detran-RO alerta motoristas para regularizar licenciamento anual. Motoristas e proprietários...

Começa hoje o julgamento que pode cassar o mandato de Sérgio Moro

A equipe de Moro informou que o senador não...
spot_imgspot_img

Ministério da Educação (MEC) deverá elaborar em 30 dias um plano de transição para o encerramento das atividades reguladas pelo programa.

Primeiro dia de aulas no CED 01 da Estrutural, uma das escolas públicas do DF onde foi implementado o modelo cívico-militar.

O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) publicou nesta sexta-feira, 21, o decreto que revoga o Programa Nacional de Escolas Cívico-Militares, instituído em 5 de setembro de 2019 pela gestão do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). A medida permitia que as escolas públicas se transformassem em cívico-militares. Em sua concepção, o programa tinha objetivo de inibir casos de violência nas escolas e a evasão escolar. De acordo com o novo decreto, o Ministério da Educação (MEC) deverá elaborar em 30 dias um plano de transição para o encerramento das atividades reguladas pelo programa, por meio de pactuação com os Estados e municípios. A decisão de encerrar o programa já havia sido anunciada por meio de um ofício às secretarias estaduais de Educação no início do mês. De acordo com o MEC, cerca de 200 escolas aderiram ao formato cívico-militar até 2022 na gestão pedagógica das escolas. Neste modelo, as aulas são ministradas por professores da rede pública e os militares da reserva atuam como monitores, sem permissão de interferir dentro das salas de aula.

Desde já, haverá um processo de desligamento gradual de profissionais vinculados às Forças Armadas envolvidos ou lotados nas escolas militares, de modo que não prejudiquem as atividades escolares. Após o anúncio do fim do programa, ao menos 21 Estados, entre eles São Paulo e Rio de Janeiro, comunicaram que pretendem criar programas próprios ou manter as escolas cívico-militares já estabelecidas.

Subscribe

- Never miss a story with notifications

- Gain full access to our premium content

- Browse free from up to 5 devices at once

Latest stories

spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

porn
london escorts
betoffice
uluslararası zati eşya taşımacılığı türkiyeden almanyaya ev taşıma uluslararası evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa ev taşıma fiyatları türkiyeden ingiltereye evden eve nakliyat yurtdışına ev taşıma zati eşya taşımacılığı
deneme bonusu veren siteler