29.6 C
Brazil
Friday, April 12, 2024
HomeMUNDOKim Jong-un se reúne com ministro russo e mostra mísseis e equipamentos...

Kim Jong-un se reúne com ministro russo e mostra mísseis e equipamentos de guerra.

Date:

Related stories

Inovação e sustentabilidade no campo serão apresentadas na Rondônia Rural Show Internacional

As instalações dos estandes no Centro Tecnológico Vandeci Rack,...

Prazo para regularizar o licenciamento anual de veículos com placa final 4 vai até dia 30

Detran-RO alerta motoristas para regularizar licenciamento anual. Motoristas e proprietários...

Começa hoje o julgamento que pode cassar o mandato de Sérgio Moro

A equipe de Moro informou que o senador não...
spot_imgspot_img

Coreia do Norte também recebeu visita de autoridade chinesa na comemoração dos 70 anos do Dia da Vitória.

O líder norte-coreano Kim Jong-un se reuniu com o ministro da Defesa russo, Serguei Shoigu, que visita Pyongyang para comemorar os 70 anos do armistício da Guerra da Coreia, informaram os meios de comunicação estatais nesta quinta-feira (27, noite de quarta em Brasília). Em seu primeiro encontro com um alto representante estrangeiro desde a pandemia, Kim teve “uma conversa amigável” com Shoigu, que entregou a ele “uma carta autografada” do presidente russo, Vladimir Putin, de acordo com a agência de notícias norte-coreana KCNA

Na foto, o ditador norte-coreano mostra seus equipamentos de guerra ao ministro Serguei Shoigu.

O líder norte-coreano também recebeu uma delegação chinesa liderada pelo membro do Bureau Político do Partido Comunista Chinês, Li Hongzhong, que entregou uma carta do presidente Xi Jinping, informou a mesma agência. Pyongyang celebra nesta quinta-feira o 70º aniversário do armistício assinado em 27 de julho de 1953, que encerrou as hostilidades da Guerra da Coreia (1950-1953) e é lembrado neste país como o Dia da Vitória. A Rússia, aliada histórica da Coreia do Norte, é uma das poucas nações com as quais o regime de Kim mantém relações amistosas

Na imagem, Kim Jong-un e o ministro russo caminham num centro de exposição de armas da Coreia do Norte

Kim e o ministro russo discutiram “questões de preocupação mútua no campo da defesa nacional e da segurança, bem como no ambiente de segurança regional e internacional”, apontou a KCNA. “A conversa transcorreu em uma atmosfera cordial repleta de amizade militante”, acrescentou. O encontro “serve como uma ocasião importante para desenvolver ainda mais as relações estratégicas e tradicionais” entre os dois países, disse a agência. Juntos, eles também visitaram uma exposição de armamento na qual Kim mostrou ao ministro russo “novos tipos de armas e equipamentos”, explicou a KCNA

Foto mostra Kim Jong-un sorrindo ao lado de Li Hongzhong, membro do Partido Comunista chinês (em pé). Serguei Shogu, ministro da Defesa da Rússia está sentado, à esquerda. Eles estão em mais um evento comemorativo dos 70 anos do armistício da Guerra da Coreia

Durante a visita, ele falou com Shoigu “sobre as armas e equipamentos que são inventados e produzidos” na Coreia do Norte e “expressou repetidamente sua convicção de que o Exército e o povo russos alcançarão grandes sucessos”. O líder norte-coreano rapidamente ofereceu apoio a Moscou na invasão da Ucrânia e, segundo os Estados Unidos, fornece foguetes e mísseis

Na imagem, o ditador norte-coreano recebe um buquê de flores de uma criança nas comemorações do Dia da Vitória

CHINA, ALIADA NA GUERRA
Por sua vez, a China é a aliada mais importante de Pyongyang e seu principal benfeitor econômico, uma amizade que se forjou durante a sangrenta Guerra da Coreia. “O povo coreano nunca esquecerá o fato de que corajosos soldados dos Voluntários Populares chineses derramaram sangue para alcançar a vitória na guerra”, disse Kim a Li, de acordo com a KCNA. China e Coreia do Norte “se esforçarão como sempre para fortalecer ainda mais a amizade e a solidariedade”, acrescentou Kim, segundo a agência

Foto com Kim Jong-un e seus convidados nas festividades do armistício da Guerra da Coreia.

Imagens de satélite mostram que o hermético país comunista está preparando um enorme desfile militar para o aniversário desta quinta-feira. A agência de notícias sul-coreana Yonhap informou que havia “sinais claros” de preparações para um desfile na praça Kim Il Sung, em Pyongyang, citando várias fontes governamentais não identificadas. Pela primeira vez desde o início da pandemia, a Coreia do Norte convidou delegações estrangeiras para essa celebração, o que parece apontar para uma maior flexibilidade nos controles fronteiriços. Pyongyang impôs um rígido bloqueio no início de 2020 para proteger a população da pandemia, proibindo até mesmo seus próprios cidadãos de retornar ao país, e só retomou o comércio crucial com a China no ano passado.

Subscribe

- Never miss a story with notifications

- Gain full access to our premium content

- Browse free from up to 5 devices at once

Latest stories

spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

porn
london escorts
betoffice
uluslararası zati eşya taşımacılığı türkiyeden almanyaya ev taşıma uluslararası evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa ev taşıma fiyatları türkiyeden ingiltereye evden eve nakliyat yurtdışına ev taşıma zati eşya taşımacılığı
deneme bonusu veren siteler