31.3 C
Brazil
Friday, May 24, 2024
HomeCAPITALCatadores devem receber R$ 1 mil por mês com a desativação do...

Catadores devem receber R$ 1 mil por mês com a desativação do lixão da Vila Princesa

Date:

Related stories

Inovação e sustentabilidade no campo serão apresentadas na Rondônia Rural Show Internacional

As instalações dos estandes no Centro Tecnológico Vandeci Rack,...

Prazo para regularizar o licenciamento anual de veículos com placa final 4 vai até dia 30

Detran-RO alerta motoristas para regularizar licenciamento anual. Motoristas e proprietários...

Começa hoje o julgamento que pode cassar o mandato de Sérgio Moro

A equipe de Moro informou que o senador não...
spot_imgspot_img

O encerramento no local deve ocorrer de forma gradativa até outubro deste ano

Os catadores de lixo da capital vivem dias preocupantes, sem saber o que irão fazer, com a desativação do lixão da Vila Princesa.

Cerca de 140 famílias residem no local e tem como a reciclagem de lixo sua principal fonte de renda. O encerramento do lixão da Vila Princesa deve começar nesta sexta-feira (31).

Os trabalhadores da região ainda não tiveram como se organizar financeiramente e precisam substituir as suas rendas. Grande parte das pessoas possuem outras fontes de renda, além do trabalho de reciclagem. Cerca de 400 pessoas moram na comunidade e em cada família, moram de duas a três pessoas que trabalham como catadores de lixo.

Parte dos moradores do lixão não são alfabetizados, o que dificulta ainda mais a busca por emprego. A comunidade praticamente sobrevive da reciclagem para tudo e com a desativação do lixão, os catadores irão necessitar de outras fontes de renda.

A Secretaria de Assistência Social e Família (Semasf) irá conceder um auxílio no valor de R$ 1 mil reais por um período de seis meses, com a possibilidade de renovação pelo mesmo período. O objetivo dessa ajuda é evitar que as famílias fiquem desamparadas com a desativação do lixão.

Um questionário socioeconômico será aplicado na comunidade, com o objetivo de entender as necessidades e também levantar oportunidades de ensino profissionalizantes para aqueles que desejam parar com os trabalhos de reciclagem.

A empresa contratada realizará melhorias na cooperativa de materiais recicláveis que existe na Vila Princesa. Isso inclui a reforma do galpão, que contempla vestiário, refeitório, revisão elétrica e outros aspectos. Além disso, serão doados uniformes e fornecidas cestas básicas aos catadores durante os dois primeiros meses após o fechamento do lixão.

Os trabalhos de desativação terá início a partir do dia 1° de setembro até novembro de 2023. De acordo com a prefeitura, o aterro será construído em um terreno que fica em frente à Vila Princesa, para que seja possível recolher o lixo reciclável e encaminhar para a coleta seletiva, que continuará sendo feitas pelos moradores do local.

A transferência também será feita de forma gradativa, em escala semanal. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema) também adotará outras medidas para aumentar a coleta de resíduos e realizar a distribuição de futuros “ecopontos” na cidade.

Subscribe

- Never miss a story with notifications

- Gain full access to our premium content

- Browse free from up to 5 devices at once

Latest stories

spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

porn
london escorts
betoffice
uluslararası zati eşya taşımacılığı türkiyeden almanyaya ev taşıma uluslararası evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa ev taşıma fiyatları türkiyeden ingiltereye evden eve nakliyat yurtdışına ev taşıma zati eşya taşımacılığı
deneme bonusu veren siteler