32 C
Brazil
Saturday, July 13, 2024
HomeBRASILPolícia prende quadrilha que vendia dados sigilosos no WhatsApp

Polícia prende quadrilha que vendia dados sigilosos no WhatsApp

Date:

Related stories

Inovação e sustentabilidade no campo serão apresentadas na Rondônia Rural Show Internacional

As instalações dos estandes no Centro Tecnológico Vandeci Rack,...

Prazo para regularizar o licenciamento anual de veículos com placa final 4 vai até dia 30

Detran-RO alerta motoristas para regularizar licenciamento anual. Motoristas e proprietários...

Começa hoje o julgamento que pode cassar o mandato de Sérgio Moro

A equipe de Moro informou que o senador não...
spot_imgspot_img

Suspeitos cobravam entre R$ 200 e R$ 300 para fazer “consultas”, como qualificação completa de pessoas.

Imagem de Capa

Foto: Reprodução

A Polícia Civil prendeu, nesta segunda-feira (13/11), cinco pessoas ligadas a uma quadrilha especializada em comercialização de informações sigilosas de terceiros a partir de bancos de dados de instituições da administração pública. Os mandados de prisão e 11 de busca e apreensão foram cumpridos em São Paulo e no Paraná, no âmbito da 2ª fase da Operação Data Seller.

Segundo o Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), as informações eram oferecidas em aplicativos de mensagens em grupos denominados painéis de pesquisas.

O esquema oferecia consultas por valores entre R$ 200 a R$ 300 de dados sigilosos tais como qualificação completa de pessoas, endereços residenciais, telefones, veículos, locais onde os veículos transitavam e assinaturas.

O Deic afirma que a quadrilha comercializava também senhas de servidores e membros do Poder Judiciário e Ministério Público. Os suspeitos usavam apelidos nos grupos de mensagens para dificultar a identificação.

“O acesso era possível porque a quadrilha tinha senhas que permitiam entrar em banco de dados da administração pública. Inclusive do Poder Judiciário, para acesso irrestrito a inquéritos policiais sigilosos e processos. Eles ofereciam a pesquisa em aplicativos de mensagens utilizando apelidos como Clark Kent, Winston, Hydrasafe e Thinicius”, afirma o Deic.

O esquema era investigado desde julho, quando foi realizada a primeira fase da operação. A análise das informações armazenadas nos equipamentos apreendidos na ocasião, um aparelho celular, um notebook, revelaram a estrutura operacional da quadrilha.

Subscribe

- Never miss a story with notifications

- Gain full access to our premium content

- Browse free from up to 5 devices at once

Latest stories

spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

porn
london escorts
betoffice
uluslararası zati eşya taşımacılığı türkiyeden almanyaya ev taşıma uluslararası evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa ev taşıma fiyatları türkiyeden ingiltereye evden eve nakliyat yurtdışına ev taşıma zati eşya taşımacılığı
deneme bonusu veren siteler