29.6 C
Brazil
Friday, April 12, 2024
HomeBRASILConsumo de cerveja deve aumentar 40% em bares e restaurantes durante onda...

Consumo de cerveja deve aumentar 40% em bares e restaurantes durante onda de calor

Date:

Related stories

Inovação e sustentabilidade no campo serão apresentadas na Rondônia Rural Show Internacional

As instalações dos estandes no Centro Tecnológico Vandeci Rack,...

Prazo para regularizar o licenciamento anual de veículos com placa final 4 vai até dia 30

Detran-RO alerta motoristas para regularizar licenciamento anual. Motoristas e proprietários...

Começa hoje o julgamento que pode cassar o mandato de Sérgio Moro

A equipe de Moro informou que o senador não...
spot_imgspot_img

Alta nas temperaturas pode gerar um crescimento médio de 20% no faturamento desses estabelecimentos, apontam estimativas da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes.

Marcos Santos/USP ImagensMarcos Santos/USP Imagens

Onda de calor faz bares e restaurantes lucrarem com maior consumo de cerveja

Desde o começo da onda de calor que atinge o país, as temperaturas quase superaram as marcas históricas computadas pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) desde o início das medições. Na segunda-feira, 13, por exemplo, os termômetros registraram temperatura de 37,7º C no mirante de Santana, na Zona Norte, configurando o dia mais quente de 2023 na cidade de São Paulo. Para fugir do calor, que perdura mesmo à noite, os paulistanos tem procurado bares e restaurantes para se refrescar à base de cerveja gelada. De acordo com as estimativas da Associação Brasileira de Bares de Restaurantes (Abrasel), o consumo de cerveja deve aumentar até 40% por causa da onde de calor, o que pode gerar um crescimento médio de 20% no faturamento desses estabelecimentos. No entanto, o ideal é não abusar da cerveja com temperaturas tão altas, pois o álcool causa desidratação. A recomendação do Ministério da Saúde para se proteger deste calor é beber muita água, usar protetor solar e evitar sair no horário de pico do sol, entre 10h e 16h.

De acordo com o Inmet, ao menos 13 Estados tem sido atingidos pela onda de calor. São eles: Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Pará, Amazonas, Rondônia e Bahia. Além deles, o Distrito Federal também é afetado. O grau de severidade do alerta é de “grande perigo”, apresentando risco à saúde da população  com temperaturas que chegaram a ao menos 5ºC acima da média. No entanto, a tendência é que as temperaturas diminuam a partir desta sexta-feira, 17, com a chegada de uma frente fria. A onda de calor será amenizada com as chuvas que devem atingir as regiões mais próximas do Sul do país, com as temperatura voltando para perto das médias históricas. A Defesa Civil do Estado de São Paulo emitiu um alerta para fortes pancadas de chuva entre sexta e domingo, 19, com possibilidade de raios, chuvas de granizo e rajadas de vento intensas.

Subscribe

- Never miss a story with notifications

- Gain full access to our premium content

- Browse free from up to 5 devices at once

Latest stories

spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

porn
london escorts
betoffice
uluslararası zati eşya taşımacılığı türkiyeden almanyaya ev taşıma uluslararası evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa ev taşıma fiyatları türkiyeden ingiltereye evden eve nakliyat yurtdışına ev taşıma zati eşya taşımacılığı
deneme bonusu veren siteler