25.8 C
Brazil
Wednesday, April 24, 2024
HomeGERALDNIT licita ponte binacional ligando Brasil a Bolívia por Guajará-Mirim.

DNIT licita ponte binacional ligando Brasil a Bolívia por Guajará-Mirim.

Date:

Related stories

Inovação e sustentabilidade no campo serão apresentadas na Rondônia Rural Show Internacional

As instalações dos estandes no Centro Tecnológico Vandeci Rack,...

Prazo para regularizar o licenciamento anual de veículos com placa final 4 vai até dia 30

Detran-RO alerta motoristas para regularizar licenciamento anual. Motoristas e proprietários...

Começa hoje o julgamento que pode cassar o mandato de Sérgio Moro

A equipe de Moro informou que o senador não...
spot_imgspot_img


Obra está projetada para ter uma extensão de 1,22 quilômetros e largura de 17,3 metros

Porto Velho, RO – O superintendente regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) em Rondônia, André Santos, anunciou hoje que a aguardada licitação para a construção da ponte binacional ligando o Brasil à Bolívia na BR-425, em Guajará Mirim, foi concluída na última sexta-feira, dia 29 de dezembro, às 15h (horário de Brasília).

A fase atual do processo consiste na análise da proposta apresentada pelo consórcio vencedor, com um prazo de 45 dias para a divulgação do resultado, cumprindo todos os critérios exigidos. Após esta etapa, seguirá para a assinatura oficial do contrato de construção da ponte binacional.

A grandiosa obra está projetada para ter uma extensão de 1,22 quilômetros e largura de 17,3 metros, com um investimento estimado de aproximadamente R$ 430 milhões. O prazo para a conclusão da construção está definido em 36 meses.

Para os brasileiros, a ponte significa a realização do “Projeto Saída para o Pacífico”, facilitando o acesso aos portos chilenos e tornando a exportação de produtos brasileiros mais vantajosa em termos de custos de transporte. Para os bolivianos, representa a consolidação do Tratado de Petrópolis, garantindo o acesso ao oceano Atlântico pelo território brasileiro, através do porto de Porto Velho, em Rondônia.

O acesso no lado brasileiro terá início na margem do Rio Mamoré, estendendo-se até a rótula na interseção com o acesso à ponte, no km 142,7 da BR-425/RO, com uma extensão aproximada de 3,7 quilômetros. Já o acesso do lado boliviano terá aproximadamente 6 quilômetros, indo da cabeceira boliviana da ponte até a ligação considerada conveniente pelas autoridades bolivianas.

A construção da ponte binacional representa um marco significativo na integração e no desenvolvimento econômico entre Brasil e Bolívia, abrindo novas possibilidades para ambos os países.

Subscribe

- Never miss a story with notifications

- Gain full access to our premium content

- Browse free from up to 5 devices at once

Latest stories

spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

porn
london escorts
betoffice
uluslararası zati eşya taşımacılığı türkiyeden almanyaya ev taşıma uluslararası evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa ev taşıma fiyatları türkiyeden ingiltereye evden eve nakliyat yurtdışına ev taşıma zati eşya taşımacılığı
deneme bonusu veren siteler