29.4 C
Brazil
Tuesday, May 28, 2024
HomeBRASILBrasileiro desenvolve medicamento contra feridas a partir de cacto do Nordeste.

Brasileiro desenvolve medicamento contra feridas a partir de cacto do Nordeste.

Date:

Related stories

Inovação e sustentabilidade no campo serão apresentadas na Rondônia Rural Show Internacional

As instalações dos estandes no Centro Tecnológico Vandeci Rack,...

Prazo para regularizar o licenciamento anual de veículos com placa final 4 vai até dia 30

Detran-RO alerta motoristas para regularizar licenciamento anual. Motoristas e proprietários...

Começa hoje o julgamento que pode cassar o mandato de Sérgio Moro

A equipe de Moro informou que o senador não...
spot_imgspot_img

O medicamento, que ajuda no tratamento contra feridas cutâneas, foi desenvolvido a partir de um cacto do Nordeste pelo farmacêutico brasileiro Igor Gomes.

Um cientista brasileiro desenvolveu um medicamento revolucionário contra feridas cutâneas e ele é à base de um cacto encontrado no Nordeste!

O cearense Igor Gomes, desenvolveu o medicamento de origem biotecnológica como resultado do trabalho de conclusão de graduação em Farmácia, na Universidade de Fortaleza. O produto usa a palma forrageira (Opuntia sp) para criar um gel creme de toque seco.

“Este produto traz uma perspectiva para várias possibilidades terapêuticas como queimaduras solares ou por agentes químicos, diversos tipos de feridas, cortes, e também para tratar doenças como psoríase e dermatite atópica”, explicou o pesquisador.

Palma forrageira

A ideia de usar a palma forrageira partiu de uma inspiração de propriedades encontradas na Aloe Vera, mais conhecida como babosa.

A palma é muito utilizada na região em tempos de seca para bois e outros animais de grande porte.

“A palma forrageira ainda é pouco estudada, com a maior parte dos artigos sendo a área de agronomia. Pensando nessa oportunidade, escolhemos a palma forrageira para investigar esse potencial e utilizando-se da biotecnologia para desenvolver novos produtos farmacêuticos”, contou.

Resultados iniciais

Os primeiros testes foram realizados e, considerando os resultados bem satisfatórios, Igor já deu entrada na patente da fórmula.

“Obtivemos ótimos resultados. Ainda não foram testados em seres humanos, mas a pesquisa é de que possamos realizar parcerias com grandes centros de pesquisa e laboratórios farmaceitos”, contou.

Além de todo o sucesso, o produto se destaca por ter na sua base o cacto, uma planta comum na região.

Futuro promissor

Segundo Egberto Feitosa, membro do conselho federal de Farmácia do Ceará, o medicamento é promissor.

“A utilização de um gel derivado de um cacto, comum em nosso meio, para tratar a psoríase representa uma abordagem promissora na busca por novas terapias dermatológicas”.

Egberto ainda destacou a os benefícios que o fármaco pode ter.

“A rica composição bioativa desses cactos pode oferecer benefícios anti-inflamatórios e hidratantes, potencialmente aliviando os sintomas da psoríase”, concluiu.

Subscribe

- Never miss a story with notifications

- Gain full access to our premium content

- Browse free from up to 5 devices at once

Latest stories

spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

porn
london escorts
betoffice
uluslararası zati eşya taşımacılığı türkiyeden almanyaya ev taşıma uluslararası evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa ev taşıma fiyatları türkiyeden ingiltereye evden eve nakliyat yurtdışına ev taşıma zati eşya taşımacılığı
deneme bonusu veren siteler