28.2 C
Brazil
Friday, April 12, 2024
HomeBRASILCaso Serasa: Como os usuários podem conferir se seus dados foram vazados?

Caso Serasa: Como os usuários podem conferir se seus dados foram vazados?

Date:

Related stories

Inovação e sustentabilidade no campo serão apresentadas na Rondônia Rural Show Internacional

As instalações dos estandes no Centro Tecnológico Vandeci Rack,...

Prazo para regularizar o licenciamento anual de veículos com placa final 4 vai até dia 30

Detran-RO alerta motoristas para regularizar licenciamento anual. Motoristas e proprietários...

Começa hoje o julgamento que pode cassar o mandato de Sérgio Moro

A equipe de Moro informou que o senador não...
spot_imgspot_img

O Instituto Sigilo possui um portal com as informações a respeito do processo. Veja como acessar

Porto Velho, RO – A Serasa Experian está sendo processada por uma ação civil pública ajuizada pelo Instituto Brasileiro de Defesa da Proteção de Dados Pessoais, Compliance e Segurança da Informação (Instituto Sigilo), em co-autoria com o Ministério Público Federal (MPF).

O processo requer que a empresa seja condenada a pagar uma indenização de R$ 30 mil a cada cliente afetado por um possível uso irregular de suas informações após vazamento de dados em janeiro de 2021. A acusação é de que a companhia teria comercializado, junto a terceiros, os dados de mais de 223 milhões de cidadãos, incluindo brasileiros vivos e falecidos.

Segundo o Instituto Sigilo, a venda das informações seria referente a hábitos como o comportamento dos consumidores na internet, incluindo desde históricos de compras até dados da Previdência Social, de renda e da Receita Federal. Há ainda a possibilidade de ter ocorrido o vazamento de dados de cartões de crédito e de débito. Você pode entender mais sobre o processo nesta matéria.
Como conferir se os seus dados foram vazados no caso Serasa?

O Instituto Sigilo possui um portal com o objetivo de cadastrar os interessados em receber informações a respeito da ação civil pública envolvendo a Serasa. Por meio dele, a entidade fornece todas as novidades sobre o caso e capta assinaturas para uma petição que será juntada aos autos do processo.

Para consultar o dado vazado, o instituto recomenda que os usuários acessem este formulário e preencham as informações solicitadas: nome, e-mail, CPF e telefone. Ao final, é necessário ler os termos de condições e clicar na opção “Desejo consultar se o meu dado foi vazado e assinar a petição que será encaminhada à ação civil pública contra o Serasa”.

Vale ressaltar que não é possível afirmar que os usuários irão ganhar os valores de indenização, já que o processo não se encerrou e está em fase de Instrução Probatória, para avaliar a extensão e o tamanho do vazamento.

Assim, é necessário aguardar a decisão de primeira instância e as partes ainda podem recorrer ao Tribunal Regional Federal da 3.ª Região (TRF3). Depois disso, também poderá haver mais duas instâncias para os envolvidos recorrerem.

O que a Serasa diz sobre o caso?

A Serasa Experian afirma, em nota enviada ao E-Investidor, que o pedido liminar requerido pelo MPF foi indeferido. Além disso, afirma ter demonstrado que não houve invasão de seus sistemas nem há indícios de que o vazamento teve origem em suas bases de dados. “A Serasa Experian reforça que proteger a segurança dos dados é sua prioridade número um e cumpre rigorosamente a legislação brasileira”, afirma a empresa.A

Fonte: Estadão

Subscribe

- Never miss a story with notifications

- Gain full access to our premium content

- Browse free from up to 5 devices at once

Latest stories

spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

porn
london escorts
betoffice
uluslararası zati eşya taşımacılığı türkiyeden almanyaya ev taşıma uluslararası evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa ev taşıma fiyatları türkiyeden ingiltereye evden eve nakliyat yurtdışına ev taşıma zati eşya taşımacılığı
deneme bonusu veren siteler