29.6 C
Brazil
Friday, April 12, 2024
HomeCAPITALAcordo firmado em reunião no MPF define reabertura do Complexo da Estrada...

Acordo firmado em reunião no MPF define reabertura do Complexo da Estrada de Ferro Madeira Mamoré em Porto Velho

Date:

Related stories

Inovação e sustentabilidade no campo serão apresentadas na Rondônia Rural Show Internacional

As instalações dos estandes no Centro Tecnológico Vandeci Rack,...

Prazo para regularizar o licenciamento anual de veículos com placa final 4 vai até dia 30

Detran-RO alerta motoristas para regularizar licenciamento anual. Motoristas e proprietários...

Começa hoje o julgamento que pode cassar o mandato de Sérgio Moro

A equipe de Moro informou que o senador não...
spot_imgspot_img

Instituições públicas e empresa concessionária celebraram acordo para a reabertura parcial do complexo em 30 de abril.


Acordo firmado em reunião no MPF define reabertura do Complexo da Estrada de Ferro Madeira Mamoré em Porto Velho

Por MPF/RO

 O Complexo da Estrada de Ferro Madeira Mamoré (EFMM) será parcialmente reaberto ao público em 30 de abril, com acesso às praças e ao museu. A reabertura será possível devido a um acordo celebrado ontem (13) durante uma reunião na sede do Ministério Público Federal (MPF) em Porto Velho (RO). Ficou combinado que durante os próximos três meses a Prefeitura Municipal de Porto Velho fará a gestão direta do museu, ficando responsável pela organização da visitação pública do museu, pela vigilância e pela energia elétrica de todo o complexo e seu entorno. O museu ficará aberto de quinta a domingo. 

A empresa concessionária Amazon Fort se comprometeu a continuar fazendo a limpeza e manutenção de toda a área, inclusive do museu, e assumirá a gestão do museu quando finalizar o prazo de três meses da gestão direta pela prefeitura.

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) vai comunicar os locais onde deverão ficar os banheiros químicos e a Amazon Fort seguirá as orientações na elaboração do projeto, que deve ser enviado até 22 de março ao Iphan, que, por sua vez, se comprometeu a fazer a análise do projeto até 30 de março.

A reunião ocorreu por iniciativa do MPF, na tentativa de buscar uma solução para a reabertura do Complexo da EFMM. O procurador da República Gabriel de Amorim ressaltou que o acordo é um passo importante para devolver à população rondoniense um dos seus principais atrativos turísticos, onde Rondônia começou.

Participaram da reunião a superintendente do Iphan, Alyne Maya Rufino dos Santos, a servidora do Iphan, Mônica Castro de Oliveira, os representantes da Amazon Fort, Iuri Daniel Serrate Faria, Normando Lira e Renato Juliano Serrate de Araújo, o promotor de Justiça Jesualdo Erípedes Leiva de Faria, representando o Ministério Público do Estado de Rondônia (MPRO), o titular da Superintendência do Patrimônio da União (SPU) em Rondônia, João Batista Nogueira, a servidora da SPU, Margarete Barroso, e os diretores Jerrold Trevor França Scorgie, Moacyr Rodrigues Pontes Netto, Dalmo Luiz Roumié da Silveira, representando a Prefeitura Municipal de Porto Velho.


Subscribe

- Never miss a story with notifications

- Gain full access to our premium content

- Browse free from up to 5 devices at once

Latest stories

spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

porn
london escorts
betoffice
uluslararası zati eşya taşımacılığı türkiyeden almanyaya ev taşıma uluslararası evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa ev taşıma fiyatları türkiyeden ingiltereye evden eve nakliyat yurtdışına ev taşıma zati eşya taşımacılığı
deneme bonusu veren siteler