15.4 C
Brazil
Tuesday, July 16, 2024
HomeBRASILArthur Lira e Gilmar Mendes articulam PL em resposta à PEC do...

Arthur Lira e Gilmar Mendes articulam PL em resposta à PEC do STF

Date:

Related stories

Inovação e sustentabilidade no campo serão apresentadas na Rondônia Rural Show Internacional

As instalações dos estandes no Centro Tecnológico Vandeci Rack,...

Prazo para regularizar o licenciamento anual de veículos com placa final 4 vai até dia 30

Detran-RO alerta motoristas para regularizar licenciamento anual. Motoristas e proprietários...

Começa hoje o julgamento que pode cassar o mandato de Sérgio Moro

A equipe de Moro informou que o senador não...
spot_imgspot_img

Texto é de autoria do deputado federal Marcos Pereira (Republicanos) e foi elaborado a partir de discussões de um grupo de juristas comandado pelo ministro Gilmar em 2020.

Marina Ramos/Câmara dos Deputadosarthur-lira-gilmar-mendes-Marina Ramos-Câmara dos Deputados

Presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), ao lado do ministro do STF Gilmar Mendes durante entrega anteprojeto de lei elaborado por comissão de juristas na Câmara para sistematizar normas de processos constitucionais

O presidente da Câmara dos DeputadosArthur Lira (PP), e o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes, articulam um projeto alternativo à PEC do STF, que restringe os poderes da Suprema Corte e foi aprovada no Senado Federal. O Projeto de Lei foi apelidado de PL da Moderação dos Poderes. A medida propõe que as liminares monocráticas sejam permitidas apenas durante o recesso do Judiciário, desde que sigam a jurisprudência do STF e sejam julgadas na primeira sessão da corte após a retomada dos trabalhos do colegiado. As decisões também precisam estar relacionadas a casos urgentes e de amplo interesse público. O texto é de autoria do deputado federal Marcos Pereira (Republicanos) e foi elaborado a partir de discussões de um grupo de juristas comandado pelo ministro Gilmar Mendes em 2020. Na época, o texto acabou sendo engavetado, mas agora já foi pautado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara.

O relator, deputado Alex Manente (Cidadania), defende a votação do PL: “Nossa expectativa é trabalhar durante a próxima semana com lideranças partidárias para mostrar a importância de normatizarmos as regras e ritos do STF em relação ao controle de constitucionalidade. Será uma oportunidade de limitar efetivamente as decisões monocráticas, assim como encerrar o arrastamento processual, que permite hoje que o Supremo fale de qualquer tema, mesmo não sendo a ação proposta, e também qualificar os legitimados para ingressar com ação no STF. Ou seja, fazer com que tenhamos uma Suprema Corte constitucional”.

O objetivo principal do PL é substituir a PEC do STF, de autoria do senador Oriovisto Guimarães (Podemos). Aprovação da medida no Senado provocou trocas de acusações entre os ministros do STF e o presidente da Casa, Rodrigo Pacheco. A PEC veda a concessão de decisão monocrática que suspenda a eficácia de leis e atos normativos dos presidentes da Câmara e do Senado. Para que a proposta tenha validade, a PEC ainda tem que passar pela Câmara, no entanto, Lira já declarou que o texto não tem prioridade.

Subscribe

- Never miss a story with notifications

- Gain full access to our premium content

- Browse free from up to 5 devices at once

Latest stories

spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

porn
london escorts
betoffice
uluslararası zati eşya taşımacılığı türkiyeden almanyaya ev taşıma uluslararası evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa ev taşıma fiyatları türkiyeden ingiltereye evden eve nakliyat yurtdışına ev taşıma zati eşya taşımacılığı
deneme bonusu veren siteler