30.5 C
Brasil
quinta-feira, fevereiro 29, 2024
HomeMAIS POPULARTrabalhos científicos recebem destaque com pesquisas desenvolvidas em Rondônia

Trabalhos científicos recebem destaque com pesquisas desenvolvidas em Rondônia

Date:

Related stories

Fluminense recebe LDU em busca do título da Recopa Sul-Americana

Tricolor precisa de vitória em jogo transmitido pela Rádio...

Apostador de Porto Velho ganha prêmio milionário na Lotofácil

Sorteio especial final zero rende R$ 1.693.216,49 ao vencedor...

Último dia para pagamento do IPTU com 10% de desconto

Pagamentos em parcela única feitos até às 20h desta...
spot_imgspot_img

Em vista disso, mais de 170 pesquisadores bolsistas atuam em vários diferentes programas assistidos pelas Diretorias Científica e de Inovação da Fapero.

Desde a sua criação há 12 anos, a Fundação Rondônia de Amparo ao Desenvolvimento das Ações Científicas e Tecnológicas e à Pesquisa – Fapero tem promovido o avanço da pesquisa científica, por meio dos investimentos em programas e projetos, amparados pelo Governo do Estado. Em vista disso, mais de 170 pesquisadores bolsistas atuam em vários diferentes programas assistidos pelas Diretorias Científica e de Inovação da Fapero.

Para promover o trabalho científico e sua ligação em prol dos interesses gerais da sociedade brasileira, comemorou-se em 8 de julho, o Dia Nacional do Pesquisador. A data faz menção ao dia de criação da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência – SBPC, entidade civil que atua na defesa da pesquisa científica no país e foi instituída pela Lei nº 10.221 de 8 de julho de 2001. Nos últimos quatro anos foram investidos mais de R$ 30 milhões de reais, sendo o maior recurso para o desenvolvimento da Pesquisa Científica e Inovação em Rondônia.

No último ano, o pesquisador Luís Francisco de Machado Pfeifer, amparado por meio de recursos financeiros da Fapero, venceu o Prêmio Nacional em Ciência, Tecnologia e Inovação na primeira colocação nacional, dentro da categoria Inovação. O pesquisador desenvolveu o Sagabov, dispositivo que permite ao produtor rural avaliar de forma rápida e precisa, o acabamento da carcaça dos bovinos destinados ao abate. Além dele, também foi premiada, nacionalmente, a pesquisadora e jornalista da Embrapa Dra. Vânia Vasconcelos de Oliveira.

Além do pesquisador Luís Francisco, a Fapero tem em seus quadros de pesquisadores amparados, o renomado cientista Andreimar Martins Soares, que foi agraciado pela Universidade de Stanford, por meio de eleição promovida pela conceituada editora científica mundial Elsevier BV entre os 1000 cientistas mais influentes do mundo e entre os 100 do Brasil a integrar a lista. Atualmente, atuando como Especialista (titular) em C&T, Produção e Inovação, na área de Biotecnologia e vinculado ao Laboratório de Biotecnologia de Proteínas e Compostos Bioativos (LABIOPROT), da Fiocruz em Rondônia, Andreimar Martins ocupou entre 2012 e 2022 a cadeira de diretor científico da Fundação Rondônia – Fapero.

Uma importante pesquisa tem-se destacado nacionalmente e é fruto de amparo da Fapero. Trata-se do uso da seiva de uma saponácea, que em seus primeiros testes dá sinais de que poderá substituir a utilização do mercúrio no processo de amalgamação do ouro na atividade de garimpo. A referida pesquisa é desenvolvida no Laboratório de Biogeoquímica Ambiental da Universidade Federal de Rondônia e integra o Programa de Apoio à Pesquisa de Inovação Tecnológica – Redes de Pesquisa em Mineração Sustentável da Fundação Rondônia – Fapero.

A Fapero tem em seu quadro de colaboradores pesquisadores, bolsistas que atuam nas diretorias e coordenações de programas e projetos. São especialistas, mestres, doutores e pós-doutores que contribuem para o desenvolvimento de Rondônia, por intermédio da pesquisa científica e inovação.

O Programa Capacitação e Fixação de Recursos Humanos em Ciência e Tecnologia – Cafix, criado em 2021, pelo Governo de Rondônia é a marca registrada do avanço técnico da Fundação Rondônia, e junto a outras unidades da administração do Poder Executivo do Estado, que também o instituíram através de cooperação mútua entre as áreas ambiental, social e da saúde. O programa destacou-se na consolidação de pesquisadores mestres e doutores no estado de Rondônia e firmando o compromisso de desenvolver em território rondoniense as suas pesquisas.

Os investimentos do Governo do Estado para o fomento à pesquisa científica está presente em diversos setores; como o da agropecuária, biotecnologia e do empreendimento; através das instituições parceiras da Fundação Rondônia – Fapero, destacando a Embrapa, a Fiocruz, a Universidade Federal de Rondônia – Unir, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia – Ifro, dentre outras, com seus laboratórios de pesquisa dos programas de pós-graduação e as incubadoras que desenvolvem ciência, inovação e  tecnologia. Com isso, reflete no incentivo aos pesquisadores e cientistas na importante data e, em especial àqueles que atuam nas instituições que promovem a Ciência, Tecnologia e Inovação e melhoram a qualidade de vida de todos os rondonienses.

Subscribe

- Never miss a story with notifications

- Gain full access to our premium content

- Browse free from up to 5 devices at once

Latest stories

spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

porn
london escorts
betoffice
uluslararası zati eşya taşımacılığı türkiyeden almanyaya ev taşıma uluslararası evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa evden eve nakliyat türkiyeden kıbrısa ev taşıma fiyatları türkiyeden ingiltereye evden eve nakliyat yurtdışına ev taşıma zati eşya taşımacılığı
deneme bonusu veren siteler